Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

02
Mai 11

Na primeira aula esteve presente o responsável da parte online do Jornal Notícias (JN), Manuel Molinos. O entrevistado referiu que o JN foi o primeiro jornal com versão online, com a presença da versão papel transferida para a Web. Considerado por ele, um processo demorado e muito amador. Dois Jornalistas tinham essa função de colocar os conteúdos na internet e durante alguns anos o site viveu um período de estagnação.

  Em 2008 o JN remodelou e mudou o editorial do site, em que demorou um ano a ser desenhado o site, de acordos com alterações gráficas e das ferramentas que constituem o site. Também nesse ano houve uma grande aposta nas redes sociais e no multimédia e formou-se um núcleo de jornalistas só para trabalhar na parte online do jornal, com função de hierarquizar o que aparece na página online. Os jornalistas da parte online têm também conhecimentos em Flash e Javascript.

  As redes sociais como fonte de informação e em que as pessoas gerem conteúdos, foram uma aposta forte a partir de 2009, com a presença ativa do jornal no Facebook e no Twitter. Em determinado momento, o JN e a Sapo foram parceiros, estando o jornal online alojado durante algum tempo no seu site. Curiosidade surge quando a ligação entre estas duas empresas chegou ao fim e o JN aumentou as suas visitas por parte dos utilizadores.

  Uma das características do site tem a ver com os vários blogs temáticos que aí podemos encontrar. O JN tem vencido alguns prémios de ciberjornalismo e em Março de 2011 apresentou um novo record ao chegar às 23 milhões de visitas.

  O grupo Controlinveste criou em á pouco tempo um serviço pago de informação, o chamado e-paper. Esta versão mobile encontra-se disponível para o iphone, ipod e sites mobile.

     Na segunda aula a convidada foi Paula Silva, Jornalista da RTP. Trabalha na área de moda e entrevista vários criadores portugueses. Esta moda normalmente é pensada só para desfiles em que o calçado e vestuário só era possível ser adquirido por encomenda.

  Esta jornalista tem um espaço na RTP sobre moda, faz várias reportagens televisivas, estabelece contactos e tem normalmente acesso a notícias em primeira mão sobre este ramo de atividade. Paula Silva desloca-se a Feiras Internacionais para cobrir eventos sobre moda.
Em trabalho viajou para vários países e costuma ir três vezes por ano a Milão.

  Na aula apresentou a recente reportagem que fez para o Linha da Frente, sobre o grupo Inditex que controla marcas como a Zara, Stradivarius, Oysho ou Pull na Bear, com o nome “Tenho uma blusa igual”.

 Ambos os convidados destas duas aulas, no fim foram prestáveis a responder a perguntas vindas dos alunos.

 

Ilídio Guerreiro   

publicado por filipe89 às 10:03
tags: ,

Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
13
14

15
18
19
20
21

25
28

29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO