Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

18
Abr 13

Broadcast News é um filme de comédia/drama romântico, realizado em 1987 por James.L.Brooks. É um filme que retrata a história de um canal noticioso dos EUA.

O filme gira em torno de três jornalistas, Jane Craig, Tom Grunick e Aaron Altman, mostra-nos tudo o que se pode viver no mundo do jornalismo televisivo.

Brooks inicia a sua narrativa, apresentando-nos os três personagens principais ainda na sua infância/adolescência.

Kansas City, 1963 – Tom, desabafa com o pai o pouco rendimento escolar que teve naquele semestre, no entanto é apresentado como futuro pivot do canal noticioso.

Boston, 1965 – Aaron, como orador da turma faz o seu discurso de final de ano, mostrando o quão brilhante é como aluno, e é apresentado como futuro repórter do referido canal de televisão.

Atlanta, 1968 – Jane está a escrever uma carta para uma amiga na máquina de escrever e mostra o seu domínio de vocabulário e inteligência, é apresentada como futura produtora/editora do canal de televisão.

O que nos leva a pensar que para exercer qualquer profissão temos que nos empenhar, desde muito cedo.

Jane é uma produtora/editora dedicada à profissão com os seus valores éticos bem definidos, evitando qualquer tipo de sensacionalismo nas suas peças.

Aaron é um repórter exímio, esforçado, com boas fontes e um portefólio invejável. Um jornalista atento, eficaz, com valores profissionais bem assentes.

Já Tom é-nos apresentado como uma personagem que conseguiu chegar ao topo, passando pelos “pingos da chuva”. Recorre ao sensacionalismo, às emoções para atrair audiências.

 Estas personagens mostram ao longo do filme, o trabalho árduo, a dedicação e todo o stress envolvente na redação de um jornal.

O filme descreve como funciona um jornal de televisão, mostrando todo o trabalho que existe antes das notícias serem lançadas para o ar.  Por exemplo, quando Aaron e Jane estão na América Central, a cobrir um cenário de guerra e o cameramen pede a um dos soldados para repetir o movimento/a ação que fez anteriormente e que ele não conseguiu filmar, Jane intervém, pois como profissional de jornalismo defende que as notícias têm que ser o mais naturais possíveis, e que se o soldado repetisse a ação ia-se tonar artificial/forçado.

No mesmo local vemos Aaron que com todo o seu profissionalismo, relata o tiroteio com o objetivo de o telespectador ao ver a notícia consiga captar todas as emoções que se sente quando se está debaixo de fogo.

A peça é um sucesso e os dois jornalistas são reconhecidos pelo ótimo trabalho que realizaram.

Também foca o tema das deadlines. Onde Jane e Aaron dão os últimos toques a uma reportagem quando faltam apenas 80 segundos para esta ir para o ar.

Retratando assim todas as emoções que se vivem na redação de um jornal quando o fator tempo é fulcral e acontece algum imprevisto.

Outro tema que o filme aborda é a peça que Tom realiza sobre mulheres vítimas de violação no 1º encontro. Numa entrevista onde a vítima conta o que lhe aconteceu, Tom finge uma lágrima, para assim dar mais emoção, sensibilizar o telespectador e assim obter um grande número de audiências.

O filme também salienta o facto de que nem todos os jornalistas, por muito bons que sejam, podem ser bons pivots. É o caso de Aaron que apesar do seu excelente portfólio e o seu domínio das notícias, quando vê a sua carreira ameaçada e se oferece para apresentar o jornal ao sábado à noite, não lida bem com a pressão do momento e passa todo o jornal a suar, bastante nervoso.

Já Tom apesar de não possuir um talento natural para a profissão que exerce, é um ótimo apresentador. E os dois chegam-se a completar quando surgem notícias de última hora. Aaron enquanto Tom apresenta o jornal vai-lhe fornecendo dados importantes sobre o acontecimento, de forma a completar a peça.

Broadcast News é um filme que retrata a realidade da profissão de jornalismo, abordando vários pontos, sejam valores éticos, princípios, competência profissional, trabalho em equipa e até competição dentro da redação de um jornal.

No entanto, cabe ao jornalistas serem fiéis ao seu público, sejam eles ouvintes, telespectadores ou leitores, mostrando sempre a realidade.

 

Sara Gomes

publicado por saragomes às 01:01

Abril 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10

15
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO