Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

14
Mai 13

A patinagem artística é uma modalidade desportiva que surgiu em Portugal na década de 50. De acordo com a Federação Portuguesa de Patinagem (FPP), 2002 foi o ano que a patinagem atingiu o seu auge, isto porque foram conquistadas 5 medalhas de ouro e 1 de bronze nos Campeonatos da Europa de Cadetes juniores e Seniores, que decorreram na Alemanha.

Patinadora - Imagem da Federação Portuguesa de Patinagem

 

  Patinadora - Imagem da Federação Portuguesa de Patinagem (FPP)

 

Actualmente este é um desporto que não tem grande visibilidade em Portugal, mas que mesmo assim atrai muitos jovens e o Rolar Custóias Clube é um exemplo disso mesmo, pois tem cada vez mais jovens a praticar esta modalidade. Daniela Pinto, antiga campeã em todas as categorias (Iniciação, Infantil, Iniciado, Cadete, Juvenil, Júnior e Sénior ), e actual treinadora começou a praticar patinagem com 6 anos de idade, “foi o primeiro desporto que experimentei e apaixonei-me de imediato”. Hoje, enquanto treinadora, procura junto dos mais pequenos incentivá-los a esforçarem-se e a darem o seu melhor para alcançarem o tão desejado título, porque “a patinagem não é fácil, é preciso um grande esforço físico e mental, o que muitas vezes é difícil de conjugar”.

Um dos motivos pelos quais incentiva tanto os alunos a  esforçarem-se é o facto de neste momento a patinagem não ter praticamente apoios nenhuns, e em tudo, desde as despesas de deslocações ao fatos, que tem de ser pagos pelos próprios atletas o que não torna possível a sobrevivência só com a patinagem. O mais difícil é “sobreviver a todas as contrariedades que existem neste meio. Não só as quedas ou as inúmeras horas de treino, mas também o fato de ser um desporto que exige instalações desportivas específicas, material de treino especializo, e mais-valias quase inexistentes”, explica Daniela e é isto que tenta transmitir aos alunos que treina.

Os jovens que estão inseridos no Rolar Custóias Clube e que são treinados pela antiga campeã, todos eles começaram na patinagem muito cedo. Há crianças dos os 6 aos 14 anos e todos eles afirmam que estão neste desporto por paixão e porque serem treinados por uma atleta de alta competição é um previlégio. 

 

  Prova de Patinagem Artística - Fotografia da Câmara Municipal de Gondomar


Campeã Nacional e com apenas 8 anos, Bruna Pinheiro arrecadou a vitória no Campeonato Nacional de Figuras Obrigatórias de Patinagem Artística nos escalões de Infantis, Iniciados, Cadetes, Juvenis, Juniores e Seniores.


"Treino seis dias por semana cerca de duas horas e meia por dia. É muito cansativo, mas vale a pena". Veio para a patinagem por intermédio de uma amiga que um dia a convidou a assistir a um treino e desde então que ficou. O facto de representar portugal nas competições faz com se se sinta "orgulhosa e ao mesmo tempo nervosa", porque tal como a prórpia afrimou, a responsabilidade é muito grande. Ao contrário do que a treinadora diz, Bruna considera que o mais difícil na patinagem são "os peões durante as provas".

 


 


Tributo aos lutadores contra o Cancro





Ana Luísa Azevedo





 

 

publicado por luisaazevedo às 22:04

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO