Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

15
Mai 13

No passado mês de Abril, no dia 23 de Abril, o presidente da Fundação Portuguesa de Cardiologia (FPC), apelou aos Portugueses para optarem pela chamada “Dieta Mediterrânica”, considerada no momento a melhor dieta do mundo. A dieta reduz riscos de doenças cardiovasculares, obesidade, diabetes e cancro. Durante o mês de maio a FPCdesenvolveu uma campanha de sensibilização no sentido de alertar os portugueses para uma mudança radical nos hábitos alimentares. A dita “Dieta Mediterrânica” passa pelo quase uso exclusivo do azeite, pela riqueza em fibras e antioxidantes derivados de vegetais e legumes e pelo baixo ou raro consumo de carnes vermelhas e lacticínios. Segundo dados da FPC, 20 % dos portugueses são fumadores ou obesos, 70% têm colesterol alto, 40 % são hipertensos e a maioria é altamente sedentária. A Fundação reforça ainda a ideia de que Portugal é o país europeu com menos praticantes de atividade física.

Segundo um estudo da Sociedade Portuguesa de Ciências da Nutrição e Alimentação (SPCNA), mais de metade dos portugueses, 53,3 por cento, considera o sabor o factor mais determinante na escolha dos alimentos que consome. O preço é a segunda condicionante a ponderar.

De acordo com o estudo da Health Enhancement Research Organization, as pessoas que comem refeições saudáveis ao longo do dia têm melhor desempenho. A análise recomenta a ingestão de alimentos de duas horas e meia a três, e cinco ou mais porções de fruta e vegetais pelo menos 4 vezes por semana. Segundo o estudo, as pessoas que se alimentaram de forma saudável durante todo o dia, obtiveram 25 % de melhoria na produtividade do trabalho.


Herbalife


 

Em 2012 a Herbalife facturou 6,4 mil milhões de dólares, sendo que 73 % do valor regressa para a rede de distribuição como fonte de rendimento. É hoje uma empresa com um crescimento a nível mundial a rondar os 20 %, e em Portugal, no primeiro trimestre deste ano, a empresa cresceu 8 % face ao ano anterior. Há 21 anos em Portugal, a Herbalife está sediada em Lisboa .Segundo Jorge Nogueira, dono do Clube de Nutrição situado na rua de Stª Catarina, no Porto, 2,7 milhões são distribuidores independentes da Herbalife. Em Portugal apenas 10 mil são distribuidores, representando 0,3 % da população.Há mais de 200 Clubes de Nutrição Herbalife, no entanto o Nutricion Club, situado no Porto conta com uma particularidade – o FitClub – com as aulas de Zumba. Jorge Nogueira está à frente do Clube há 4 anos, altura em que este foi aberto, diz “cada vez mais os portugueses têm cuidado com a sua saúde, e procuram um maior equilíbrio mental, de uma maneira acessível a nossa empresa proporciona uma demonstração de três produtos ao cliente, um batido, chá e bebida aloé vera. Um batido substitui uma refeição. ” Os programas são vários para fins diferentes, comentou Instrutor de Zumba – Álvaro Pereira, aquando de uma entrevista. “Assim que vim para cá dar aulas, iniciei o tratamento, o meu objetivo aqui é aumentar a massa muscular ao invés de perder peso. Estou cá há 5 meses e já sinto o meu corpo a mudar.” A Campeã Mundial de corta-mato de 1990, 92 e 93 – Albertina Dias – frequenta o FitClub, é aluna das aulas de Zumba. Segundo a atleta “uma pessoa como eu que sempre fez muito desporto durante toda a vida não pode parar, e as aulas de zumba fazem me sentir bem, dá para me cuidar, não sabia que tinha um interior tão jovem” riu-se. No entanto os produtos aqui vendidos não se destinam a diagnosticar, curar, tratar ou prevenir quaisquer doençasrealça Cláudia Barbosa, também dona do Clube.

Para saber mais sobre a Herbalife clique aqui :
Reportagem de Maria Girão Sá e Carla Silva
Mercado 
São vários os nichos de mercado atingidos, há quem queira aumentar massa muscular, há quem queira perder, no entanto o responsável da Herbalife referiu que apesar da marca não ter qualquer produto próprio para  emagrecimento a maior percentagem de público que adere tem o objetivo de perder peso e é feminino. Não há um cliente potencial, mas vários e diversificados, a concorrência é cada vez maior no que diz respeito ao mercado de produtos naturais e biológicos, acrescenta.
http://www.fpcardiologia.pt/
http://www.apdietistas.pt

http://www.spcna.pt

 

Reportagem de Maria Girão Sá


publicado por Maria Girão Sá às 11:50

Vários investigadores conseguiram já concluir que os efeitos positivos do Aloé Vera passam igualmente pela desintoxicação do nosso organismo, ajudar na digestão, aliviar inflamações, entre muitos outros benefícios.Já todos sabemos que o Aloé Vera é altamente eficaz para muito mais que apenas queimadoras e problemas na pele.

Existem evidencias cientificas que suportam o papel importante do Aloé Vera como laxante ou em tratamentos dermatológicos.
http://aloeveralisboa.wordpress.com/2013/05/22/emagrecer/
pleonardo a 23 de Maio de 2013 às 23:46

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO