Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

24
Mai 13

Àlvaro Costa, o apresentador de televisão, comentador e radialista esteve na passada quarta-feira na Universidade Lusófona para abordar o tema “as mudanças do paradigma da comunicação”. Aos alunos, Álvaro Costa deixou o conselho:“saiam bem formados” com “um pé no rigor, na deontologia, nos valores fundamentais e ao mesmo tempo adaptem-se ao que é actual”.


Àlvaro Costa, o habitual convidado da Universidade Lusófona do Porto no âmbito da cadeira de jornalismo especializado para abordar alguns temas, começou por afirmar que “cada vez que venho cá digo coisas completamente diferentes.”

Álvaro Costa contextualizou o tempo no qual vivemos dizendo que “ a net, tal como a conhecemos, não existia”. Os novos media e as novas ferramentas de divulgação e propagação da informação conhecidas como redes sociais estiveram presentes no discurso do comentador que demonstrou com toda a convicção que hoje são raros os que não estão “ligados” em rede a este universo social. Álvaro Costa revelou que há quem já tivesse dito que o conhecia através do facebook e o comentador deu como exemplo esta situação para demonstrar “uma mudança paradigmática, uma mudança de status”. Por outro lado, para o radialista esta realidade não agrada a toda a gente, “ há pessoas que acham os tempos em que vivemos completamente pavorosos”. Para Álvaro Costa, “tudo isto que nós temos hoje, todas estas tecnologias, é tudo managing”.

Embora o apresentador não pertença à nova geração, o interesse relativo à modernização e ao que é actual são para Àlvaro Costa uma preocupação “ nós chegamos aos 50 anos e começamos a ver as coisas e percebemos que temos de estar a par disso”. No entanto, e com a facilidade e rapidez em que a informação chega a toda a parte, o radialista diz que há que “saber o que é verdade, o que é alucinação”, sabendo “como separar a árvore da floresta”.

Esta agilidade em informar e ser-se informado faz com que Álvaro Costa demonstre que “comunicar hoje é correr à velocidade da luz”.

Esta nova fase intitulada pelo comentador como “fase do encantamento digital” sobrevive à custa dos que querem inovar e de acordo com Álvaro Costa esta nova geração “é a geração do momento”.

As palavras rigor e deontologia foram também mencionadas pelo orador que frisou serem importantes para o futuro dos recém-formados da ULP.

No ponto de vista de Álvaro Costa “nós estamos no pós-cabo” e segundo o apresentador, tudo dos canais a cabo “vai migrar para outros canais: canal da Apple, canal do Youtube. Relativamente ao futuro dos canais generalistas, Álvaro Costa diz que estes “existem enquanto existir publicidade” e que “os eventos centralizados no mesmo lugar e à mesma hora vão continuar a existir”. Na perspectiva do comentador e ainda referindo-se aos canais generalistas, “quando nós deixarmos de ter os grandes eventos, RTP, SIC, as marcas vão continuar o que vão ter é de se tornar em serviços.”

Fomentando ainda a ideia das novas tecnologias e dos novos meios de comunicação, Álvaro Costa afirmou que, “ hoje não há audiência, há audiências, há o instantâneo” e recomendou aos alunos de jornalismo que, “nunca subestimem a vossa audiência quer para o bem, quer para o mal”. Este advento dos novos media veio também criar novos hábitos sendo que para o comentador nem sempre as pessoas vêem os programas “de forma tradicional”, “estão a comer, estão no facebook. Estão a ver tudo ao mesmo tempo”. O lado interactivo, por exemplo, das redes sociais faz com que, e de acordo com Álvaro Costa, muitas pessoas “estão no programa B” seguindo o mesmo através dos “comentários”.

Álvaro Costa desenvolveu a ideia de que, com estes progressos “estamos a criar um modelo das próximas gerações”.

Para finalizar, o orador, deixou no ar um espírito confiante e esperançoso para os alunos “as oportunidades da nossa geração são fabulosas”. As palavras optimistas de Álvaro Costa deram ânimo e coragem aos futuros recém-licenciados “as coisas são de facto bonitas, brilhantes e estamos a viver tempos maravilhosos”.

 

As imagens foram retiradas do site : google.com

 

Trabalho de: Marta Sobral


publicado por On-and-off às 20:40

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO