Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

27
Mai 13

 

No passado dia 22 de Maio, compareceu à Universidade Lusófona do Porto, Álvaro Costa, autor e apresentador de programas de música na rádio e televisão públicas. Faz actualmente intervenções no mundo do futebol no programa "Grande Área", da RTP Informação. Locutor da Antena 3 e ex-apresentador do célebre programa “Liga dos Últimos”, programa da Rádio e Televisão de Portugal (RTP), foi convidado pelo professor e jornalista Daniel Catalão.

Numa conversa descontraída e informal, o convidado veio falar aos alunos de infotainment e showbiz no contexto do mundo digital, cultura pop chamou-lhe. Realçou as mudanças no paradigma da comunicação. Mencionou os novos media, sem os quais já não se vive, as chamadas Redes Sociais, Hoje em dia estamos perante uma cultura digital, o instagram, facebook, e youtube são média, e nós comunicadores e fontes de informação”, palavras do convidado no início da palestra. 

 

 Explicou que hoje em dia, com a globalização, todos estamos ligados em rede, "qualquer um de vocês que aqui está hoje quando se levantou mesmo antes de tomar o pequeno almoço o que é que fez? foi ao facebook certo?". Houve um olhar de sintonia e troca de sorrisos entre os estudantes.

 

 Segundo o convidado, somos nos dias de hoje “uma geração digital, do eu, do momento”. Vive-se actualmente o culto do instantâneo, palavras de Álvaro Costa. Mencionou dois casos polémicos de como a notícia se divaga instantaneamente, o caso da morte de Michael Jackson e depois o da cantora Whitney Houston. “Mickael Jackon morreu e a notícia foi dada em 10 minutos, a morte da Whitney Houston foi anunciada em apenas 1”. Continuou a palestra a contar algumas histórias, de experiência e vida pessoal, e proporcionou aos alunos momentos descontraídos e mesmo até de alguns risos. Alertou para o facto de actualmente não existir uma audiência mas várias. As pessoas estão sempre “on”, “eu mesmo quando estou a trabalhar estou on, estou a receber vibrações, comentários, uns bons outros menos bons” riu-se.

 

Chamou a atenção de todos os presentes que o Jornalista de hoje, "do digital, explicou, deve saber adpatar-se às exigências do mundo lá fora, estamos a evoluir à velocidade da luz, temos que por isso habituar-nos aos novos meios, novas lógicas da Internet, do "on"  neste tempo de mudança de paradigma na comunicação". O jornalista deve saber ser versátil e capaz, finalizou. 

Rematou a palestra acrescentando que um comunicador “absorve, faz a integração, ligação, senão fizer isto é uma tanga.”


Maria Girão Sá

publicado por Maria Girão Sá às 23:15

Maio 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

16
17
18

19
20
21
22
23

26
28
29
30
31


pesquisar
 
blogs SAPO