Blog de Jornalismo Especializado, Universidade Lusófona Porto

07
Abr 10

 

 

Manuel Molinos, chefe de redacção do Jornal Digital do Jornal de Notícias, foi o convidado da aula de hoje de Jornalismo Especializado para nos falar um pouco sobre o Jornalismo Digital.

Na sua essência, o Jornalismo Digital é uma forma de dar informação utilizando como canal as novas tecnologias de comunicação proporcionadas pela Internet. Por ser um tipo de jornalismo que tem as suas especificidades torna-se diferente; ao ser diferente implica uma equipa específica que tenha um domínio de linguagem e plataformas electrónicas.

Falamos deste tipo de jornalismo como especializado, mas não é bem assim. Pois não há nenhum jornalista especializado num único assunto, ou seja, numa única área na redacção de um jornal digital os jornalistas têm que ter formação sobre qualquer assunto, dominar diferentes matérias, para transmitirem qualquer tipo de informação aos seus leitores.

Jornalismo Digital

Para Quem

Para novos consumidores de informação que acompanham as novas técnicas de comunicação, onde conhecemos bem as potencialidades de quem nos consome, sabemos bem que notícias dar e que tipo de informação os leitores pedem.

Quando

Leitores com hábitos de consumo tradicionais. Que chegam aos empregos ligam os computadores e fazem uma viagem pelas notícias, no sentido de absorver as grandes linhas editoriais; vão almoçar, mas antes, picam as notícias em busca de actualizações e, por fim, antes de saírem dos empregos, repetem o mesmo gesto, em busca da última informação. São picos de tráfego que correspondem a hábitos que as pessoas vão adquirindo e aos quais o Jornalista deverá responder, ou seja, ir de encontro às suas necessidades, acrescentando a informação disponível criando, desta forma, um laço noticioso com o leitor, uma espécie de rotina.

 

Através de que canais

O jornalismo digital é utilizado na web, estando a crescer a nível do mobile. Fazendo com que daqui a dez anos só existam dois ou três jornais de papel generalistas.

Rendimento

Os empresários não conseguem ter uma aposta clara que tipo de rendimento o Jornal Digital vai dar. 

A Imagem no Jornalismo Digital

“A imagem vale mais que mil palavras”, uma frase muito usada para caracterizar uma imagem em qualquer tipo de jornalismo, mas que não se aplica ao jornalismo digital. Neste tipo de jornalismo não é a imagem que vale por si é o conteúdo. A imagem da Web não é uma imagem televisiva. Para mostrarem imagens já existem as televisões, onde a qualidade de imagem é óptima. O jornalismo digital mostra o conteúdo, dá informação, visto que uma imagem na Web pode não ser suficiente, não ter uma a qualidade necessária que permita ao leitor ter uma boa resolução.

 

El Mundo e os Novos Suportes

O jornal El Mundo é um jornal de referência relativamente ao jornalismo digital. Um jornal que acredita que todos os conteúdos são consumíveis nas plataformas mobile, ou seja, já estão noutra guerra, noutro suporte, o do jornalismo digital nos mobile ultrapassando já a Web.

Mas enquanto o El Mundo e outras empresas estão a posicionar-se nos novos suportes, algumas ainda não dominam os antigos. Porque será? Segundo Manuel Molinos, “basicamente acontece por incompetência”. Mas por outro lado também acontece “por questões económicas e porque muitas vezes não pensam para onde querem ir, não conhecem a realidade dos utilizadores, ocorrendo erros que os posicionam mal.”

Integração/Convergência do Jornalismo Digital

Com o jornalismo digital acabou o jornalista do papel, da TV, da rádio ou da Internet. Ou seja, temos agora uma redacção com jornalistas em que estes têm que produzir notícias para todos os meios. Não pode haver um jornalista especializado só numa área, tem que ter informação sobre tudo. Pensa numa notícia, no texto, no vídeo, na infografia, redes, produzir informação para todos ou alterar informação para cada tipo de meio. Isto quer que os jornalistas estão a fazer notícias para multiplataformas: o conteúdo noticioso é tratado no propósito de que este possa estar em várias plataformas – ipad, mobile, Web grátis, Web paga – fazendo pequenas algumas alterações.

Integração do Jornal Digital no Jornal de Notícias

No Jornal de Notícias o negócio gira à volta do papel. Mas o online começa a ter uma nova realidade já muito importante, que implica mudanças em hábitos profissionais, nas mentalidades e começa a apostar em formação dos jornalistas e tecnologia.

Para Manuel Molinos, “a formação dos nossos colegas, a aposta do grupo do JN no online foi essencial”.

No jornal digital do JN, os conteúdos são produzidos por jornalistas do JN, não compram produtos externos, trabalham a um ritmo interessante só com conteúdos próprios, com bastante produção.

Esta integração do jornalismo digital no JN está a ser feita de uma forma tranquila para não ocorrer erros que possam posiciona-lo mal.

O jornalismo digital está a evoluir com uma rapidez impressionante. Cada vez existem mais suportes com este tipo de jornalismo e com o avanço da tecnologia, certamente mais irão surgir. No meu texto referi que daqui a dez anos os jornais de papel vão diminuir. Mas será que este avanço da tecnologia e do jornalismo digital não irão acabar por extinguir com o jornalismo de papel?

 

Tânia Aguiar

publicado por taniaaguiar às 21:24

Abril 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
15
16
17

18
20
21
22
23
24

28
29
30


pesquisar
 
blogs SAPO